Fundos da Coesão cumprem meta de execução para 2021

Jan 13, 2022 | Geral

As metas de execução fixadas para o ano de 2021 nos Fundos da Política de Coesão foram cumpridas!

O apuramento dos valores no Portugal 2020 para os Fundos da Política de Coesão, reportados a dezembro de 2021, regista 15 153 milhões de euros de apoio executado, dos quais 3 755 milhões de euros em 2021, mais 344 milhões de euros do que a meta prevista.

A quase globalidade dos Programas Operacionais atingiram as metas de execução previstas para 2021, sendo que desde o arranque do Portugal 2020, o ano de 2021 foi o que demonstrou o maior dinamismo no aumento da execução.

A taxa de execução atingiu 71%, valor que supera em cerca de 2 pontos percentuais a taxa que se tinha estabelecido no início de 2021.

É de salientar, ainda, o valor de fundo aprovado no REACT-EU – Recovery Assistance for Cohesion and the Territories of Europe, que atingiu 1 137 milhões de euros, destinados a financiar mais de 74 mil operações.

Neste fundo, operacionalizado em 2021, a taxa de compromisso regista 71% e a taxa de execução 60% (952 M€) concentradas nos apoios à sobrevivência e estabilização da atividade empresarial (Programas Apoiar e Garantir Cultura).

Acresce a este montante, a execução no terreno de quase 500 M€ em medidas de combates à pandemia cujo financiamento está igualmente assumido vir a ser assegurado por este instrumento (e.g. vacinação COVID-19, medicamentos específicos e dispositivos médicos e armazenamento relacionados com as vacinas; medidas de apoio à consolidação das aprendizagens; manutenção e criação de emprego no âmbito do Programa Ativar.PT).

REACT-EU

O REACT-EU – Recovery Assistance for Cohesion and the Territories of Europe, é um instrumento de reforço da Política da Coesão criado para acelerar a recuperação da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus (COVID-19) operacionalizado por três Programas Operacionais (Competitividade e Internacionalização no Continente e nos das Regiões Autónomas).

Fonte: ADC-UAME